sexta-feira, 21 de agosto de 2015

Comissão do Esporte debate Jogos Mundiais Indígenas

Clique para obter Opções
A Comissão do Esporte debateu em audiência pública ações, perspectivas e o legado que os primeiros Jogos Mundiais dos Povos Indígenas deixarão e o fomento do esporte no Brasil. A competição será realizada entre os dias 23 de outubro e 1º de novembro próximo, em Palmas (TO). A sessão foi realizada no plenário 4 da Câmara dos Deputados, em Brasília.

Na opinião do deputado Márcio Marinho, presidente da Comissão do Esporte, o debate foi de grande importância para que os parlamentares pudessem conhecer, pensar e discutir o legado dos jogos para as etnias. “Sabemos que se houver uma interação entre a Comissão e o Ministério do Esporte tenho certeza de que teremos dados importantes para repararmos as injustiças que o país fez ao longo dos anos com os indígenas”, lamentou.
 Segundo Marinho, inserir os povos indígenas no contexto do esporte brasileiro exige, entre outras coisas, uma política de fomento adequada, além de disponibilizar equipamentos para que possam treinar e competir em igualdade de condições com outros atletas
 Legenda da foto/ da direita para  esquerda: Newton Marcos , advogado e articulador dos Jogos Mundiais dos Povos Indígenas; Seleni Salete Grando, professora da Universidade Federal de Mato Grosso e Coordenadora geral do I Fórum Nacional de Políticas do Esporte e Lazer para os Povos Indígenas;  Márcio Marinho, deputado federal e presidente da Comissão do Esporte Márcio Marinho; Evandro Garla,  secretário nacional de Esporte, Educação Lazer e Inclusão Social do Ministério do Esporte, e Karkaju Pataxó, Coordenador Técnico dos Jogos Indígenas Pataxó.
Ascom Deputado Federal Márcio Marinho

Izabela Reis:(71) 9923-3766
Dila Cruz:(71) 8507-3941
Luís Augusto Gomes (Brasília) (61/ 9269-6960)

Álcool é a substância mais questionada no Serviço de Orientações e Informações sobre Drogas, o Ligue 132

Agência CNMO Ligue 132, um Serviço de Orientações e Informações sobre Drogas, teve o álcool como a substância mais questionada pelas pessoas, com 61.138 casos. De acordo com o Ministério da Justiça, as ligações envolvendo o álcool são de usuários e de familiares preocupados com o aumento desse consumo.
O Serviço já realizou 140.935 atendimentos em todo o País. Nos primeiros sete meses de 2015, foram 15.489 ligações na qual houve atendimento relacionado ao uso de substâncias psicoativas.
O Ligue 132 é um serviço gratuito e anônimo criado em 2005 para atender pessoas que necessitam de ajuda a problemas relacionados ao uso de cocaína, maconha, álcool e tabaco, entre outras substâncias.
Cocaína e tabacoAs outras substâncias mais questionadas no serviço no mesmo período foram cocaína (com 60.571) e tabaco (com 52.510), sendo que uma ligação envolve diversas substâncias. O Ligue 132 também oferece um serviço de acompanhamento personalizado. Caso o indivíduo queira participar, ele receberá um número de protocolo e será agendada uma nova data para retornar a ligação.
São Paulo foi o Estado com o maior número de ligações, com 19.663 atendimentos únicos. Rio de Janeiro foi o segundo, com 9.649, e Rio Grande do Sul o terceiro, com 9.574.
Agência CNM, com informações do MJ

Campanha busca sanar o preconceito e garantir saúde para população de rua

EBCNesta quarta-feira, 19 de agosto, a campanha Políticas de Equidade foi lançada com o objetivo de sanar o preconceito da sociedade e dos profissionais de saúde e conscientizar a população em situação de rua dos seus direitos. O lançamento, foi no dia que marca os 10 anos do assassinato de sete pessoas que dormiam na Praça da Sé, em São Paulo, numa ação violenta que deixou outros oito feridos.
Atualmente, existem no País 50 mil adultos e 24 mil crianças e adolescentes vivendo na rua. Eles foram levados a essa situação pelo alcoolismo, drogas, desemprego e conflitos familiares. Os dados são da Pesquisa Nacional Sobre a População em Situação de Rua (2008), do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS). A pesquisa revelou também que 18,4% dos entrevistados já foram impedidos de receber atendimento na rede de saúde.
A campanha foi desenvolvida em parceria com o Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS) e a Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República. A secretária nacional de Assistência Social do MDS, Ieda de Castro, destacou o fato da Saúde ter sido escolhida para abrir este caminho para a inclusão dessas pessoas e que se soma ao trabalho desenvolvido pelo MDS.
Estratégias e açõesOutra ação importante foi a aprovação, em 2013, de um plano operativo que orienta os governos federal, estadual e municipal na implantação de estratégias e ações voltadas a essa população, como a criação de comitês técnicos e consultivos com a participação de representantes do movimento social e ações de promoção e vigilância em saúde. Além disso, em 2011, foi aprovada a Portaria 940, que dispensa a obrigatoriedade de apresentação de endereço de domicílio para aquisição do cartão do Sistema Único de Saúde (SUS) por pessoas vivendo nas ruas.
Agência CNM, com informações do Ministério da Saúde

segunda-feira, 22 de dezembro de 2014

Vereador encerra Gabinete Itinerante visitando áreas alagadas após chuvas


Vereador encerra Gabinete Itinerante
visitando áreas alagadas após chuvas




   
Na tarde desta quarta-feira, dia 17, o vereador Ivo Evangelista visitou comunidades ilheenses que sofreram com deslizamentos de terra causados pelas fortes chuvas que foram registradas em Ilhéus e em diversos municípios baianos. Entre os locais visitados, Ivo esteve no Centro Social Urbano, próximo à subida da Torre da Rádio Cultura, na Barra, zona norte de Ilhéus. No local uma grande quantidade de terra invadiu vários quintais.

O vereador conversou com moradores e com agentes do Corpo de Bombeiros, que orientaram as famílias mais afetadas a procurar ajuda de parentes e amigos, devido ao risco de novos deslizamentos.  “Após a visita, passamos as informações para a Defesa Civil e para as secretarias municipais afins, com o objetivo de fazer com que as necessidades dessas famílias sejam atendidas. Vamos acompanhar essa situação esperando que esses e outros moradores, afetados pelas chuvas, tenham seus encaminhamentos atendidos”.

Na terça-feira, dia 16, em outra ação de seu Gabinete Itinerante, Ivo percorreu todo o bairro para conhecer de perto a situação do local, ouvir as solicitações dos moradores e providenciar, através da apresentação de requerimentos na Câmara, a melhoria do bairro. A falta de infraestrutura foi o foco dos moradores, que reclamaram de muitos buracos, de problemas no sistema de drenagem das águas da chuva e do aparecimento de muitos “lixões”. Após ouvir as solicitações dos moradores do bairro, Ivo Evangelista vai encaminhá-las ao Poder Executivo ainda esta semana, para que sejam tomadas providências.

Também nesta terça-feira, dia 16, o vereador apresentou na Câmara emenda ao projeto de Lei número 076/2014, referente ao Orçamento do Município. Ele indicou a reforma da quadra poliesportiva da Barra de Itaípe, totalizando recursos na ordem de R$ 50 mil e a construção de uma escadaria na rua H, quadra I, no Loteamento Invasão da Tapera, também com investimentos na ordem de R$ 50 mil. Ivo Evangelista apresentou ainda requerimento solicitando que à 68ª CIPM, Companhia Independente da Polícia Militar, possa acompanhar o trabalho realizado pelos conselheiros tutelares de Ilhéus.

quinta-feira, 22 de maio de 2014

Políticos também oram pelo País

Câmara Municipal incentiva a união e a oração pelo bem da cidade

O Brasil passa por um momento de grandes mudanças, sendo uma das economias que mais crescem no mundo. Tal crescimento, porém, acarreta efeitos que requerem atitudes urgentes. Cresce a demanda por moradias e empregos, crescem os números de roubos, homicídios e latrocínios e, consequentemente, também o descrédito do povo brasileiro na política.
Entretanto, mesmo que muitos cidadãos reclamem da forma como os políticos se comportam, a própria Bíblia esclarece que devemos sempre acreditar e interceder pelos governantes.
Essa recomendação consta no primeiro livro de Timóteo, início do segundo capítulo, quando Paulo de Tarso aconselha os cristãos a falarem com Deus por todos os homens, em especial pelos governantes, para que tenham sabedoria suficiente quanto à orientação de seu povo.
Até mesmo neurocientistas defendem que a fé executa um importante papel na transformação de vidas, tanto no aspecto físico quanto no aspecto psicológico e coletivo.
Sabendo da eficácia de uma oração, recentemente, os vereadores Jean Madeira e Atílio Francisco, ambos do PRB, convidaram líderes evangélicos de diversos segmentos para unir a fé em prol de quem sofre todos os dias com os problemas da cidade de São Paulo. Na ocasião, o presidente nacional do PRB, Marcos Pereira, representando a Universal, também fez questão de ressaltar a figura fundamental dos cristãos na ocupação dos cargos públicos. “O povo evangélico precisa estar unido. Não podemos admitir que a família brasileira seja banalizada.”
A reunião, que foi denominada “Orando por São Paulo”, aconteceu na Câmara Municipal, contou com homenagens e cada líder presente recebeu um kit com um CD de canções e exemplares dos livros “Nada a Perder 2”, a segunda parte da biografia do Bispo Edir Macedo, e “O Respeito à Experiência”, de autoria do bispo Atílio Francisco, que enfoca a importância dos mais velhos na história de diversos povos.
A bispa Engreds Ciani, da Igreja do Avivamento Cristão, afirmou que a atitude dos vereadores foi louvável. “É preciso que haja mais movimentos como o realizado esta noite”, afirmou.
Para o vereador Jean Madeira, é de extrema importância a união de todas as denominações em busca de uma São Paulo e de um Brasil ideal. “Esse é apenas o primeiro passo para a construção de uma cidade melhor”, concluiu. 
Link:

quinta-feira, 8 de maio de 2014

Execução Sumária



O Brasil, país com status de continente em razão das suas generosas dimensões geográficas e aprazível paisagem em grande parte de suas regiões, convive com a barbárie nas ruas de suas cidades – ditas civilizadas- que na verdade se encontram na contramão do processo civilizatório e à margem da comemoração de 1876, quando da abolição da pena de morte em Portugal e Brasil, fato celebrado e digno de menção em honra ao  ato pelo célebre Vitor Hugo, um nome inscrito no panteão dos pensadores do mundo livre.
Constatar a prática da Execução Sumária no Brasil, é mais do que constatar a escalada da barbárie e que vivemos ao “arrepio” da lei, por assim dizer. Significa exatamente o que o termo alude: É a eliminação da vítima sem que esta tenha qualquer oportunidade de esboçar reação física ou jurídica. 
Referimo-me triste e dolorosamente à Execução Sumária  da senhora Fabiane Maria de Jesus, sepultada na manhã de terça feira, dia 6 de maio de 2014, após ser assassinada por espancamento no último sábado, dia 3,  em Guarujá, no litoral de São Paulo.
Esse crime, é um entre tantos outros que têm acontecido e sido ignorados pelos poderes deste país. E, por conta desse pouco caso com as vidas perdidas, a barbárie cresce, se avoluma, toma corpo e decompõe a civilização, corroendo os seus alicerces que são apenas e simplesmente as frágeis garantias de vida de cada cidadão, respaldadas pela Constituição.
Os termos justiça com as próprias mãos, insanidade coletiva, linchamentos, violência desbragada, marcha tribal da insensatez , selvagerismo (violência epidêmica),  guerra de todos contra todos , e mais outros tantos termos não não autorizados pelo “contrato social” e muito bem descritos  no  artigo do Jurista e Professor  Luiz Flávio Gomes, intitulado Justiça com as Próprias Mãos,  publicado no site JusBrasil lançando luzes sobre o estágio de desigualdade socioeconômica brasileira e de degeneração moral coletiva, que segundo o autor, chegou ao fundo do poço, restando pois contabilizar os “cadáveres antecipados”.
__________
Por Márcio Marinho
Em Memória de Fabiane Maria de Jesus
--
Izabela Reis 71/9923-3766
Dilamara Cruz 71/  8507-3941

terça-feira, 6 de maio de 2014

Deputado Arimatéia confirma reunião para discutir obstetrícia em Feira


 
 
O presidente da Comissão de Saúde e Saneamento da Assembleia Legislativa da Bahia, deputado estadual, José de Arimatéia (PRB), se pronunciou na tarde desta terça-feira (dia 6), no Plenário do Parlamento Baiano, sobre a atual situação das maternidades, que fazem atendimento através do Sistema Único de Saúde (SUS), na cidade de Feira de Santana, sendo elas Hospital Geral Clériston Andrade (HGCA), Hospital da Mulher e Mater Dei. A análise foi realizada na última sexta-feira por meio de visitas às instituições médicas mencionadas.
Para discutir as melhorias no atendimento às parturientes Arimatéia falou em seu pronunciamento da reunião agendada para o dia 16 de maio, às 10h com o prefeito de Feira de Santana, José Ronaldo de Carvalho, como também a secretária Municipal de Saúde da cidade, Denise Mascarenhas, e a presidente da Comissão de Educação, Cultura, Saúde e Desporto da Câmara Municipal de Vereadores de Feira, Aldney Bastos Marques.
“As visitas foram originadas em decorrência das reclamações constantes dos usuários do serviço de obstetrícia no município. Precisamos melhorar esse serviço, para essas pacientes, que residem na segunda maior cidade da Bahia, e necessitam de uma atenção mais direcionada”, opinou Arimatéia, que fez um apelo também ao Ministério da Saúde para que reveja a tabela do SUS em relação ao Salário dos profissionais da área.
 
 
 


Grata,
Ludmilla Cohim/ DRT 3588
(71) 8804-4785 / 8205-6676/ 3115-5593
Assessoria de Comunicação
Dep. Est. José de Arimatéia (PRB)

quarta-feira, 30 de abril de 2014

Marinho critica inação da ANATEL em audiência pública


A Comissão de Defesa do Consumidor realizou audiência pública nesta quarta (30) para debater a qualidade e os valores dos serviços de telefonia móvel e da TV a cabo no Brasil. O deputado republicano Márcio Marinho (PRB/BA), um dos coautores do debate, criticou a inação da Agência Nacional de Telecomunicações (ANATEL) na solução dos problemas enfrentados pelos consumidores.

“Temos constatado que as empresas de telefonia móvel lideram os rankings de reclamações em quase todos os estados brasileiros. Os consumidores sofrem com a má prestação de serviço que vão desde o alcance do sinal ao rompimento de uma ligação quando ainda se está falando. Sem falar nos planos de fidelização que obrigam os clientes a ficarem presos às operadoras, mesmo estando insatisfeitos”, recriminou o parlamentar.

Marinho fez duras críticas a atuação da ANATEL no que se refere a ausência de uma fiscalização mais rigorosa das operadores de telefonia móvel e de TV a cabo, no sentido de proteger o consumidor desses serviços. Na ocasião, o deputado informou que a Comissão de Defesa do Consumidor aprovou o Projeto de Lei 1257/2011, de sua autoria, que proíbe cláusulas de fidelização em contratos de serviços de telefonia.

A proposta impede o estabelecimento de cláusulas contratuais que obriguem a fidelização do consumidor, a estipulação de prazos mínimos de vigência, o pagamento de multas em casos de cancelamento antecipado de contratos de prestação de serviços e a comercialização de equipamentos tecnicamente modificados.

A audiência pública contou com as presenças do ministro de Estado das Comunicações, Paulo Bernardo Silva e do presidente da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel).

PRB realiza Encontro Regional em Itabuna




A Executiva Estadual do Partido Republicano na Bahia prestigiou o Encontro Regional em Itabuna, que reuniu as Executivas Estadual e Municipal na cidade de Vitória da Conquista, além de correligionários e simpatizantes do partido. 
Representantes de toda a região participaram do Encontro que foi presidido pelo Presidente Estadual do PRB, na Bahia, Deputado Federal Márcio Marinho, quando foram discutidas as diretrizes da agremiação com vistas às Eleições de 2014.
Estiveram presentes o vice-presidente Regional Deputado estadual José de Arimatéia, o prefeito de Itabuna, Vane do Renascer,  os vereadores  Francisco Edes e Ivo Evangelista entre outras autoridades da região, como secretários do governo municipal.

terça-feira, 15 de abril de 2014

Deputado Arimatéia discute a situação dos ostomizados na Bahia

Uma audiência pública para discutir a atual situação dos ostomizados da Bahia foi realizada na manhã, desta terça-feira(15), pela Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa da Bahia. Pacientes, familiares e autoridades, participaram do encontro, que aconteceu na Sala Eliel Martins, localizada no Parlamento Baiano e debateu a situação de cerca de quatro mil pacientes existentes somente no estado.
De acordo com a Associação Brasileira de Ostomizados (Abraso), a ostomia é uma cirurgia para construir um novo trajeto para a saída das fezes ou da urina. Com a intervenção, é criado um ostoma (ou estoma) na parede abdominal, pelo qual as fezes e a urina são expelidas.
O presidente da Associação dos Ostomizados do Estado da Bahia (AOEBA), José Vieira, ostomizado há 15 anos, pontuou as dificuldades e constrangimentos diários enfrentados, e criticou alguns hospitais baianos, pois segundo ele os pacientes muitas vezes não recebem informações adequadas.
“Como ando com a bolsa sofro na entrada dos transportes públicos, por conta da roleta, constrangimentos em diversos locais, pelo mal cheiro, e outras situações. Falta conscientização e interesse das autoridades. Acreditem, está uma luta para simplesmente mostrar a sociedade da existência de nós ostomizados. Precisamos e merecemos ser reconhecidos”, relatou.
O presidente da Comissão de Saúde, o deputado estadual José de Arimatéia (PRB), proponente da audiência, garantiu que vai encaminhar à Secretaria Estadual de Saúde as principais reivindicações mencionadas, e fez um apelo aos prefeitos, para que assumam a responsabilidade com o atendimento básico.
“As autoridades precisam saber, que as atuais bolsas de ostomia não atendem às necessidades dos pacientes, da importância extrema de banheiros adaptados em hospitais e locais públicos, para os ostomizados, além de uma campanha educativa sobre o tema em questão, pois tanto a população como muitos profissionais de saúde desconhecem o assunto”, afirmou Arimatéia.
Na oportunidade, a estomoterapeuta do Centro Estadual de Prevenção e Reabilitação da Pessoa com Deficiência (CEPRED), Adelaíde Fonseca, explicou aos presentes como é feito o estoma, a abertura do órgão, e por fim, falou sobre o uso da bolsa de ostomia.
“Essa audiência é um marco na sociedade de ostomias porque a comunidade ainda não está familiarizada com o ostomizado, que são deficientes invisíveis. Por isso é fundamental o conhecimento sobre o direito de cada um para, que eles se apuderem dos seus”, pontuou Adelaíde.
Também participou da audiência pública a diretora do Centro Estadual de Prevenção e Reabilitação da Pessoa com Deficiência (CEPRED), Normélia Quinto.

http://www.pastorjosedearimateia.com.br/noticias.php?id=566

Grata,
Ludmilla Cohim/ DRT 3588
(71) 8804-4785 / 8205-6676/ 3115-5593
Assessoria de Comunicação
Dep. Est. José de Arimatéia (PRB)

sexta-feira, 11 de abril de 2014

Comunidade é beneficiada com Tapa Buracos após solicitação de vereador



       Após apresentar a indicação de nº 174 no plenário da Câmara Municipal, na última semana, quando solicitou serviços da operação Tapa Buracos e de recuperação das ruas do bairro Santo Antônio de Pádua, zona sul de Ilhéus, o vereador Ivo Evangelista (PRB) teve seu pedido contemplado pela Prefeitura Municipal. No último fim de semana, homens da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano estiveram no local para promover a melhoria das ruas do bairro, que há meses estavam sendo alvo de reclamação por parte de seus moradores.

     A realização da Operação Tapa Buracos também foi solicitada por Ivo, durante sessão na Câmara esta semana, para as ruas Jasmim e Vasco da Gama, no bairro Nelson Costa. Para este última, também foi pedida a regularização do serviço de coleta de lixo. Ivo solicitou ainda resposta da Secretaria de Relações Institucionais do Governo do Estado da Bahia referente ao requerimento nº 178, que trata do pedido de pavimentação da BA 648, que dá acesso às comunidades de Aritágua, Sambaituba, Urucutuca, Campinhos, Vila Olímpio, Ribeira das Pedras a BA 262.

       O vereador solicitou ainda resposta ao requerimento nº 197 protocolado no dia 24 de setembro de 2013, requerendo um relatório com o projeto atualizado da nova ponte que ligará o centro a zona sul de Ilhéus, com a relação dos imóveis que serão desapropriados, e informações sobre a urbanização das vias de acesso a nova ponte. Informações a respeito do leilão do prédio onde funcionou o Hospital Santa Isabel também foram solicitadas, por meio de requerimento. O vereador pediu que seja enviada correspondência com essas solicitações ao Tribunal Regional do Trabalho 5ª Região.

Outra solicitação feita pelo vereador durante sessão foi direcionada a Embasa. Ivo pede resposta a respeito do requerimento de nº 194, do ano passado, onde solicita a Embasa informe dados da fatura mensal e anual da empresa e investimentos previstos para o Município de Ilhéus para este ano. Uma sessão especial, para o dia 8 do próximo mês, também foi pedida pelo vereador como forma de abrir espaço para discutir os Direitos dos Animais em nosso Município, convidando todas as autoridades competentes ligadas ao tema, colaboradores e participantes de entidades que lutem pela preservação dos Direitos dos Animais. O objetivo do vereador é criar uma Semana Municipal de Conscientização dos Direitos dos Animais.